Sejam bem-vindos a esta nossa janela virtual com vista para a Sala do Arco-íris do Jardim de Cruzeiro.

Espreitem e verão aquilo que consideramos como o nosso Portfolio de Grupo, onde descrevemos e revelamos aquilo de mais significativo que fomos fazendo ao longo do tempo.

Sempre com muito prazer e empenho, pois somos 20 crianças de 5 e 6 anos, cheias de energia e vontade de descobrir coisas novas, na companhia da nossa educadora Juca, das duas estagiárias finalistas Patrícia e Filipa, da nossa animadora Amélia, da professora do ensino especial Céu e também da tarefeira Florinda. Mais tarde chegaram à nossa sala três estagiárias do 3º ano, a Cláudia, a Vânia e a Andreia.

Esperamos que gostem da nossa "companhia" e queiram conhecer a viagem que fizemos ao longo do ano lectivo 2008-2009.
Ocorreu um erro neste dispositivo

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Já é incontornável... o Dia das Bruxas!

Pois é, coisas deste nosso mundo, cada vez mais uma "aldeia global"!

A tradição de Halloween, proveniente dos países anglo-saxónicos, ganha cada vez mais força - e adeptos - em Portugal. Surgiu há dois mil anos, quando os povos celtas festejavam o fim do verão, o início do Ano-novo e as fartas colheitas. A sua comemoração original chamava-se Samhain, também conhecida como o Dia das Almas, pois acreditava-se que na noite de 31 de Outubro acontecia o encontro entre o mundo espiritual e material, entre a alma e o corpo.


Entre os mais entusiastas desta comemoração estão, naturalmente, os mais pequenos, pois o Dia das Bruxas é quase como o Carnaval, divertido mas mais assustador!

Este ano, na verdade, não fizemos nada de muito original...

Como tinham oferecido à nossa professora uma grande abóbora, ela trouxe-a cá para a escola e resolvemos aproveitá-la de duas maneiras:
- Com o interior fazíamos doce de abóbora e nozes (hummm!)
- Transformávamos o exterior numa abóbora assustadora, com uma cara recortada e uma vela acesa lá dentro!

Assim foi, logo de manhã, toca de meter mãos à obra e a preparar um belo doce; de casa vieram limões, paus de canela, nozes e açúcar; fomos buscar uma panela grande e o fogão eléctrico e todos juntos preparamos a receita.
Foi muito fácil:
  1. Primeiro retiramos o interior da abóbora;
  2. Depois partimos em pedaços pequenos;
  3. Pesamos na balança digital, 1kg de cada vez - 6 kg de abóbora;
  4. Colocamos também o açúcar e, para não ficar muito doce, pusemos só 3 kg (não precisamos de pesar, pois tínhamos 3 pacotes inteiros de açúcar, com 1 kg cada um);
  5. De seguida adicionámos duas cascas de limão inteirinhas;
  6. E também 3 paus de canela;
Com tudo dentro da panela, foi só ligar o fogão, para que a abóbora fosse cozendo devagarinho.
Era um cheirinho pela escola toda... cheirava a docinho, como alguns disseram!

Da parte de tarde, já com a abóbora bem cozida, passou-se tudo com a varinha mágica (menos os paus de canela e o limão, é claro) e juntaram-se nozes partidinhas, que tínhamos descascado logo ao chegar à escola.

Depois foi só colocar o doce nos frasquinhos, que pintamos de propósito para o efeito com tintas acríclicas. Ficaram bem bonitos, com um folhinho de papel colorido!

No Dia das Bruxas pintamos a cara e tivemos uma visita muito esperada: a Bruxa Joaquina (que é prima da Bruxa Miquelina que veio cá há dois anos e da Bruxa Josefina, que cá veio no ano passado) passou cá para nos conhecer.

As reacções foram diversas: havia quem saltasse de alegria e quem gritasse de entusiasmo mas... também havia quem se escondesse debaixo da mesa, ou deixasse sair umas lagrimitas... ora vejam lá:



No final toda a gente levou para casa uma surpresa docinha dada pela Bruxa Joaquina e o seu frasquinho de doce de abóbora com nozes, para partilhar com a família... mas ninguém se esqueça de lavar dos dentes no final!


4 comentários:

Luz disse...

Ai como eu gostava de ter estado aí no dia das bruxas...Queria mesmo ter conhecido a bruxa Joaquina... Gostava muito de a ter convidado para vir a Lisboa...É que aqui ainda não celebrámos o dia das bruxas, mas celebrámos o Dia do Bolinho e fizémos uns bolinhos muito bons que levámos para casa.
Talvez a Bruxa Joaquina tenha alguma prima que nos possa visitar...
Luz e menios dO JI brandoa nº 2

Sandra Viana disse...

Tenho a certeza que foi um dia muito divertido, a Mariana chegou a casa muito entusiasmada com o que se passou e falou da bruxa Joaquina. Já agora,o doce de abóbora está delicioso.

Beijinhos

Sandra Viana

Educadora de Infância disse...

Olá Luz e meninos da Brandoa!
Daremos o recado à bruxa Joaquina, para ver se ela, ou a bruxa Miquelina... ou, quem sabe, a Josefina, possam passar aí na vossa escola...
Mas estamos certos que o vosso dia das bruxas também foi muito agradável e docinho.
Beijinhos de todos nós!

Educadora de Infância disse...

Olá à mãe da Mariana... e à filha, que está doentinha!
Então, que tal vai isso? A febre ainda não deixa a nossa Mariana regressar ao jardim?
Vamos lá a ver se recupera rápido, pois faz cá falta!
Obrigada pelo comentário e ainda bem que gostaram do nosso doce de abóbora.
As melhoras da Mariana e beijinhos de todos nós. Até breve!

Uma janela para a matemática:

Uma janela para a matemática:

O Jogo da travessia do rio

O Jogo dos padrões 1

O Jogo dos padrões 1
(mais simples)

O Jogo dos padrões 2

O Jogo dos padrões 2
(mais difícil)

O Jogo do galo

O objectivo é colocar 3 em linha, seja na vertical, na horizontal ou na diagonal. E o mais engraçado é que "jogamos contra uma menina que está lá dentro do computador"!

Uma janela para a linguagem e literacia:

Uma janela para a linguagem e literacia:

Vejam aqui os livros virtuais!

Mais histórias no Pré Histórias!

Uma janela para pais:

Uma janela para pais:

Uma janela para os mais crescidos:

Uma janela para os mais crescidos:

Assinem, ao fundo, o nosso Livro de Visitas!

Assinem, ao fundo, o nosso Livro de Visitas!

Blogue anti-cópia!