Sejam bem-vindos a esta nossa janela virtual com vista para a Sala do Arco-íris do Jardim de Cruzeiro.

Espreitem e verão aquilo que consideramos como o nosso Portfolio de Grupo, onde descrevemos e revelamos aquilo de mais significativo que fomos fazendo ao longo do tempo.

Sempre com muito prazer e empenho, pois somos 20 crianças de 5 e 6 anos, cheias de energia e vontade de descobrir coisas novas, na companhia da nossa educadora Juca, das duas estagiárias finalistas Patrícia e Filipa, da nossa animadora Amélia, da professora do ensino especial Céu e também da tarefeira Florinda. Mais tarde chegaram à nossa sala três estagiárias do 3º ano, a Cláudia, a Vânia e a Andreia.

Esperamos que gostem da nossa "companhia" e queiram conhecer a viagem que fizemos ao longo do ano lectivo 2008-2009.
Ocorreu um erro neste dispositivo

sábado, 21 de março de 2009

Dia do Pai: um texto para reflectir

Obrigada à "Sonhadora" do blogue "A minha estrelinha" por ter partilhado este texto com tanto significado, principalmente nos dias que correm...

Acreditem, vale mesmo a pena pensar nisto:

Filho és, pai serás...


Há muito tempo, num país distante um homem, vendo que o seu pai já era velho e não podia trabalhar, resolveu livrar-se dele. Assim, num certo dia de Inverno, pegou numa manta e numa broa e convidou o pai a acompanha-lo até ao cimo de um monte.
Chegado lá, o filho disse ao pai que não o podia alimentar e que, por isso, ali o deixava. O pai de lágrimas nos olhos pela tristeza de se ver assim tratado pelo filho, ainda teve forças para lhe perguntar:

- Filho, não trazes, por acaso, uma faca?
- Para que a quer, meu pai?

- Olha, filho, lembrei-me de cortar esta manta e esta broa ao meio para que leves uma parte para casa.
- Para quê, pai? - perguntou o filho, intrigado com a atitude do velho.
- É para o teu filho te dar, quando fores velho como eu e já não puderes trabalhar...

O filho olhou o pai e, compreendendo a lição que este lhe dera, chorou de arrependimento. Trouxe-o de novo para casa, onde o tratou com carinho até à hora da sua morte.

4 comentários:

Luz disse...

História muito antiga, muito actual e que nos faz pensar!
Obrigado à Juca e à Bé por nos terem ajudado a recordá-la.

Creche AAIPedreiras disse...

Obrigada pela história!
Nos dias que correm precisamos de lições como esta.
Siguimos atentamente o vosso blog e sempre aprendemos algo novo todas as vezes.
Beijinhos dos meninos das Pedreiras

Professora Georgina Pinto disse...

Olá1
Temos um prémio para a educadora Maria de Jesus.
Beijos

Anónimo disse...

As pessoas mais idosas, especialmente os avós e os pais têm sempre muito para nos ensinar e muito amor para nos dar.
São muito preciosos, são os nossos maiores tesouros.

Helena

Uma janela para a matemática:

Uma janela para a matemática:

O Jogo da travessia do rio

O Jogo dos padrões 1

O Jogo dos padrões 1
(mais simples)

O Jogo dos padrões 2

O Jogo dos padrões 2
(mais difícil)

O Jogo do galo

O objectivo é colocar 3 em linha, seja na vertical, na horizontal ou na diagonal. E o mais engraçado é que "jogamos contra uma menina que está lá dentro do computador"!

Uma janela para a linguagem e literacia:

Uma janela para a linguagem e literacia:

Vejam aqui os livros virtuais!

Mais histórias no Pré Histórias!

Uma janela para pais:

Uma janela para pais:

Uma janela para os mais crescidos:

Uma janela para os mais crescidos:

Assinem, ao fundo, o nosso Livro de Visitas!

Assinem, ao fundo, o nosso Livro de Visitas!

Blogue anti-cópia!